Entre em contato com a gente

Tem alguma dúvida ou sugestão? Manda uma mensagem!

E-mail
contato@restaurantedesucesso.com.br

Telefone 
(11) 3087-6688

Whatsapp

(11) 93207-4848

 

Endereço
Rua Butantã, 194
Pinheiros
São Paulo – SP

Nos siga nas redes sociais

Cardápios: confira os valores nutricionais dos pratos

Conhecer os valores nutricionais dos pratos consumidos diariamente se tornou mais do que uma tendência entre clientes de restaurantes diversos pelo país: ela reflete a necessidade dos brasileiros de buscar por autocuidado e sustentabilidade.

O conceito de sustentabilidade, inclusive, também supera diariamente as necessidades ambientais, focando-se também na importância de aumentar a qualidade de vida da atual e das futuras gerações.

Diversos restaurantes já estão optando pelo oferecimento dos valores nutricionais dos pratos oferecidos em seus espaços de forma transparente e clara e, os que ainda não fazem, estão perdendo uma excelente oportunidade de mercado.

A importância de fornecer os valores nutricionais dos pratos servidos

Restaurantes de todo o país tem seguido o caminho ideal para melhorar seus resultados: conhecer as necessidades de seus consumidores e apostar em oferecer soluções para elas.

– O consumo responsável, orgânico – e até mesmo cruelty free tem dominado as culturas de grandes povos em todo o mundo e, não obstante, chegou não-tão-recentemente ao Brasil.

– A adoção de dietas menos ligadas à perda de peso e mais ligadas à saúde e desenvolvimento do organismo tem trazido à tona a necessidade de se conhecer mais profundamente o impacto dos alimentos no dia a dia.

– Com diversos cardápios atualmente disponíveis para atender a consumidores com necessidades especiais em sua alimentação – ou mesmo que desejam melhorar seus hábitos alimentares – o fornecimento de serviços tem mudado.

Consumidores tem deixado clara a vontade de conhecer os valores nutricionais dos pratos que compram, como pode ser visto a seguir.

Consumidores que se preocupam com o que ingerem

Além da oportunidade de transformar o fornecimento de valores nutricionais dos pratos em um modelo de negócios, o Brasil tem tramitado a necessidade de pontuar isso em lei.

Em 2017, um estudo feito pela Comissão de Defesa do Consumidor trouxe à tona questões como a obesidade e outros problemas de saúde relacionados ao consumo excessivo de determinados alimentos.

– Isso fez com que pessoas de todas as idades e perfis socioeconômicos começassem a reparar no que colocavam em seus pratos.

– O veterinário, músico e político Eros Biondini revelou um texto aprovado que pode, até mesmo, chegar a punir restaurantes que não ofereçam informações sobre os pratos que servem.

Isso mostra ainda mais claramente que informações calóricas, de colesterol, minerais e nutricionais em geral estão entre as principais pautas do país atualmente, até mesmo na política.

  • Os estudos deixaram claros que restaurantes famosos que não o faziam, como o Outback, estavam tendo sua demanda diminuída pelo público que se interessa, cada mais, em questões sustentáveis.

Formas de divulgar o valor nutricional dos pratos

O que é preciso que os principais restaurantes da atualidade entendam é que não é necessário fornecer informações nutricionais de forma necessariamente tabelada.

– É possível informar o consumidor até mesmo sobre a qualidade do que é servido nos restaurantes de forma dinâmica e divertida, especialmente no que diz respeito a fast foods e franquias.

  • Desde que haja transparência e comprometimento com as informações passadas, se torna muito mais simples para o consumidor compreender a qualidade do que é servido em determinados espaços da forma certa.

Conclusão

Sustentabilidade não é mais uma tendência, simplesmente. É um lifestyle, uma forma de se comprometer consigo mesmo e de entender que a responsabilidade pelo que acontece em seu organismo e em seus arredores deve ser compartilhada.

Restaurantes que desejam comprovar sua qualidade e compromisso com o bom lazer e aproveitamento de seus serviços em relação ao mercado podem – e devem, investir nessa ideia.

Uma vez que informar os valores nutricionais dos pratos pode se tornar até mesmo uma lei, em breve, apostar em se acostumar com a ideia é a melhor forma de demonstrar seus diferenciais.